Ecografia 3D/4D

Atendimento ao Paciente

Agende agora mesmo seu exame de segundas a sextas, das 8h às 18h.

Rua Dr. Luiz Bastos do Prado, 1586 – Centro – Gravataí-RS

(51) 3484.4000

  • A Raio Som disponibiliza equipamentos de última geração capazes de gerar imagens tridimensionais em tempo real. Isto significa dizer que é possível ver o rosto do bebê de uma maneira nítida antes mesmo de ele nascer. A tecnologia 4D permite ver o bebê abrindo e fechando a boca, fazendo caretas e se movimentando.

    Recomenda-se que o exame seja feito entre 26 e 28 semanas de gestação. Entretanto é importante informar que, dependendo da idade gestacional, a imagem que iremos obter é diferente. Por exemplo, imagens em fases iniciais da gestação irão mostrar o corpo do feto inteiro, mas não conseguirão ver pequenos detalhes pois o bebê ainda é extremamente pequeno.

    Próximo a 20 semanas de gestação já é possível conseguir algumas imagens da face, entretanto elas ainda não são muito bonitas pois nesta fase o feto ainda tem pouco tecido gorduroso, portanto a imagem é praticamente o esqueleto do feto. As melhores imagens da face são obtidas entre 26 e 29 semanas, pois neste período o feto já tem uma boa quantidade de tecido gorduroso em baixo da pele e ainda tem bastante líquido (o que é extremamente necessário para formação de imagens nítidas).

    Após 30 semanas podemos eventualmente obter imagens boas, entretanto isto torna-se muito difícil pois o espaço dentro do útero acaba tornando-se reduzido e o rosto fica a maior parte do tempo encoberto. Por isso nós recomendamos que você programe a realização do exame entre 26 e 27 semanas de gestação.

    A ultrassonografia 3D/4D em grande parte das vezes tem apenas o objetivo estético mas em certos casos pode auxiliar no diagnóstico e na compreensão dos pais da malformação em questão.
    Por exemplo, muitas vezes uma imagem de lábio leporino pode ser incompreensível no ultrassom bidimensional, mas poderá ser facilmente compreendida pelos pais com o ultrassom 3D/4D.

    A forma que o exame é realizado não difere muito da ultrassonografia comum. A grande diferença está no pós-processamento de imagens, realizado pelo aparelho de ultrassonografia. Vários cortes bidimensionais são obtidos por um sensor apropriado e o aparelho de ultrassonografia faz a reconstrução destes cortes para gerar a imagem em 3D/4D.

    A duração do exame depende muito da qualidade das imagens obtidas. Em condições favoráveis pode ser fácil e rápido obter imagens bonitas. Em situações desfavoráveis tenta-se obter imagens até o límite máximo de 20 minutos. Além deste tempo torna-se inútil continuar tentando pois com o passar do tempo o feto acaba percebendo a movimentação sobre o abdome e instintivamente protege a face, cobrindo-a com os membros ou virando o rosto para o lado da coluna materna. A função 3D do aparelho produz imagens estáticas, porém com melhor qualidade.